Primeiro-ministro reúne na ENSE e decreta fim da situação de crise energética

21/08/2019

Fonte: João Relvas, LUSA

 

Sua Excelência, o Senhor Primeiro-Ministro, Dr. António Costa, esteve presente no passado dia 19 de agosto, na sede da ENSE – Entidade Nacional para o Setor Energético, para uma reunião de trabalho, no final da qual foi decidida a “cessação de todas as medidas excecionais previstas e implementadas durante a crise energética.”

O Primeiro-ministro agradeceu “às Forças Armadas, de segurança e todos os agentes de proteção civil o contributo inestimável que deram para minimizar os impactos da greve na vida dos portugueses, no funcionamento dos serviços essenciais e na economia, para o que foi decisivo o rigoroso planeamento e avaliação por parte da ENSE”.

Além disso, o Primeiro Ministro afirmou que nesta greve houve “uma vitória do País e da nossa maturidade”, pois “vivemos uma greve que podia ter tido consequências muito graves” e “foi possível que o País se mantivesse em funcionamento sem que isso pusesse em causa o legítimo direito à greve dos trabalhadores”.

Por fim, foi também destacado “o elevado civismo com que os portugueses viveram esta semana difícil para todos e a forma pacífica e sem qualquer violência como foram conduzidas todas as manifestações”.