ENSE mantém o seu nível de rating

10/09/2020

No âmbito do processo formal de classificação e notação efetuada pela ARC Ratings, a Entidade Nacional para o Setor Energético E.P.E. (ENSE) mantém, em 2020, a sua classificação de BBB-, demonstrando que mesmo num cenário extraordinário provocado pela crise pandémica, a ENSE mantém toda a sua estabilidade de funcionamento e operação, refletindo-se na avaliação agora conhecida.

No seu relatório (disponível na documentação associada a este artigo), ARC Ratings afirma que “a empresa está preparada para operar em qualquer contingência” e que “a pandemia da Covid-19, que provocou o confinamento da economia portuguesa, teve um impacto muito limitado na atividade da ENSE.”

Além disso, é ainda destacado que “o nível de dívida da ENSE mantém-se inalterado (…) e as despesas (incluindo custos financeiros) continuam totalmente cobertas pelas suas receitas correntes.”

As receitas da ENSE aumentaram 7,6% em termos homólogos, para os 26,1 milhões de euros, e 7,5% no 1.º Semestre de 2020, para os 13,9 milhões de euros. As receitas da ENSE provêm essencialmente da sua atividade de gestão e manutenção das reservas estratégicas e de emergência do Estado Português e correspondem à recuperação dos seus gastos (operacionais e financeiros), junto dos operadores do mercado petrolífero.

 

Documentação Associada